Não consigo lembrar a última vez que comprei gadgets fora da internet: em lojas físicas, eu quase sempre pagaria mais caro. Mas para comprar via internet, você tem que ficar esperto e evitar sites que não sejam confiáveis.
Para ajudar nisso, o Procon-SP elaborou uma lista dos 200 sites de e-commerce que você deve evitar se você pensa em fazer compras via internet. Selecionamos cerca de 35 sites ainda ativos na lista, entre lojas de gadgets e de compra coletiva. Repasse esta lista!
Estes sites pararam no Procon por não entregarem produtos, e por não darem resposta nem aos clientes, nem ao Procon. O diretor do órgão, Paulo Arthur Góes, diz que estes fornecedores não conseguem ser localizados nem em bancos de dados como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR.
A lista:

No total, são 200 lojas na lista negra do Procon, que você confere no link a seguir: [Procon-SP viaInfomoney]

Anúncios