Leia este post ao som da trilha sonora de Blade Runner… ou qualquer outra música que lembre um mundo cyberpunk.

O cientista britânico Mark Gasson implantou um microship por baixo de sua pele para desabilitar o sistema de segurança de seu laboratório e desbloquear o celular via wireless. Meio pancada da cabeça, ele colocou um vírus no seu implante. E vários aparelhos foram infectados.

Com isso, ele virou o primeiro ser humano a espalhar vírus de informática – inclusive para outros aparelhos, que ele não tinha previsto.

Isso coloca em alerta a segurança da medicina moderna, cada vez mais adepta de aparelhos complexos funcionando nos corpos humanos, como marcapassos. Por enquanto, serve como uma curiosidade.

Via | Telegraph