A ciclista Manuela Vilaseca da equipe MERIDA SR SUNTOUR CAT EYE venceu nesse último domingo uma das provas mais tradicionais do Rio de Janeiro, a Montanha Cup. Aos 29 anos, a carioca já se figura entre as melhores mountain bikers do Brasil e sua próxima competição será o XTERRA em Maio, que fará a próxima parada no Espírito Santo.


“A prova de maratona, Montanha Cup, aconteceu nesse domingo, dia 2 de maio. O percurso de 65km prometia ser duro e de fato foi”, comentou Manu.

“Fazia muito frio hoje pela manhã, mas o céu estava azul e limpo, mostrando o início de mais um belo dia. Eu já havia deixado tudo preparado na véspera então tomei café e desci para a praça central da cidade. Os ciclistas chegavam por todos os lados. Às 9:00 alinhamos e saímos em comboio numa largada simbólica até o início da estrada de terra. De lá foi dada a verdadeira largada. Saí em ritmo forte aproveitando os pelotões para fazer menos força. À medida que a minha freqüência se estabilizava eu encaixava um ritmo forte, porém dentro de uma zona de conforto.

A primeira serra foi dura e longa, mas consegui encará-la com muita força. Ao chegar ao topo o primeiro abastecimento de água. A descida ali era bem perigosa. Era uma estrada larga, que nos convidava a botar muita velocidade na bike. As curvas eram bem fechadas e eu via as marcas de pneus das pessoas, que provavelmente passaram reto. Eu aproveitei minha vantagem e procurei descer com cautela para não cair.

A segunda serra também era dura. Subimos muito, fazendo curvas de um lado para o outro. Logo que começamos a descer entramos num single track em subida. Ali sim tivemos que fazer força para valer! As pessoas que estavam a minha frente estavam empurrando as bikes, mas eu fui pedindo licença e passando pedalando. Confesso que teve uma hora que senti o coração na boca, mas não quis desistir. Terminei a subida e entrei de volta na estrada de terra. Dei uma aliviada para beber água e logo em seguida encaixei o ritmo de prova. Eu comecei a sentir o cansaço, mas procurei não deixar o ritmo cair. Tomei cápsulas de sal para evitar as cãibras e segui em frente.

Dali para frente ainda encaramos muitas subidas. Não é a toa que a prova se chama Montanha Cup! A chegada foi lá em cima, e a descida até a cidade neutralizada. Cruzei a linha em primeiro lugar, satisfeita com a prova que fiz. Sem dúvida é uma corrida para voltar todos os anos! “

Acompanhe mais notícias de Manu em seu blog oficialhttp://manuvilaseca.wordpress.com