Usuário de internet móvel ou fixa, fique de olho nas seguintes novidades…


  1. Chega de propaganda enganosa nos comerciais de banda larga! A Justiça Federal concedeu uma liminar determinando que os provedores de banda larga Telefônica, Net São Paulo, Brasil Telecom e Oi (Telemar Norte Leste) informem a real velocidade das conexões em seus anúncios. O prazo para as empresas de adaparem à norma é de 30 dias, e quem não obedecer terá seus anúncios publicitários suspensos.
  2. Você usa 3G ou pretende adquirir um plano nos próximos meses? Não assine operadora nenhuma sem antes consultar o site Sinal 3G. É frequente leitores virem me perguntar simplesmente “qual é a melhor”, mas a verdade é que as empresas de telefonia móvel tem desempenhos diferentes em cada estado brasileiro. O mapa colaborativo, iniciativa do Gabriel Subtil, funciona tanto para consulta quanto para relatos de experiências. Conte para a comunidade como está o 3G da sua operadora em sua cidade, postando no mapa. O site é: http://www.sinal3g.com.br
  3. E por fim, chegou a hora de botar a boca no trombone: o Ministério Público Federal em São Paulo (MPF/SP) abriu a consulta pública “Internet 3G, atendimento ao consumidor, qualidade, velocidade, continuidade do serviço, contrato e condições de oferta” para receber informações e opiniões dos consumidores. O MPF abriu um inquérito civil para apurar os prejuízos e dificuldades que os serviços ruins das operadoras trazem à população. Portanto, chegou a vez de sermos ouvidos. Você pode enviar seu relato para o email consultapublica_mssa@prsp.mpf.gov.br ou carta para o endereço: R. Peixoto Gomide, 768, São Paulo-SP, CEP 01409-904, com o assunto “consulta pública procedimento 1.34.001.004236/2009-18” no envelope. Temos até às 16h do dia 18 de maio. Não deixem de se manifestar!