Criada pelo designer australiano Liam Ferguson, a moto do futuro — ou pelo menos o conceito dela — foge aos padrões de tudo que estamos acostumados a ver no que diz respeito aos veículos de duas rodas.

A Homet, como é chamada, possui dois pneus largos — instalados lado a lado –, dois motores elétricos de 74 cavalos de potência (55 kW cada) que são abastecidos por seus células de que compõe uma bateria ecológica de hidrogênio.

O criador do protótipo diz que a ‘moto do futuro’ é capaz de atinfir incríveis 235 km/h. Você acredita?