Divulgação/ Google

Representação do Google Maps com rotas de bike: recurso só é válido para americanos, mas deve ser expandido
   SÃO PAULO – A partir de hoje, os americanos já podem traçar suas rotas por ciclovias e ciclofaixas em 150 cidades pelo Google Maps.

Entre as opções do novo recurso estão buscas por caminhos mais curtos, personalizados e mais sossegados – isto é, sem subidas – com uso similar às tradicionais ferramentas de transporte público.

Para testar o Google Maps Biking, o usuário dos Estados Unidos precisa apenas entrar no menu “Get Directions” (“Como Chegar”, em português) e escolher a opção “Bicycling”.

Outra maneira, menos específica, é clicar em “More” (Mais) e depois o mesmo “Bicycling”, que gera as linhas verdes de ciclovias: as mais escuras indicam ciclovias, as claras ciclofaixas e as pontilhadas mostram ruas onde as bicicletas têm preferência sem faixa dedicada.

De acordo com o gerente de produto do Maps, Shannon Guymon, a iniciativa ecológica já vinha sendo feita silenciosamente há alguns meses pela cúpula do Google, mas sua equipe só decidiu revelar agora, junto ao lançamento.

A idéia é que o recurso cresça ainda mais nos próximos meses: primeiro pelos Estados Unidos, depois para os outros países, provavelmente da Europa.

Será que o Brasil ganhará as suas rotas online de bike num futuro próximo?