MELODIA UNIVERSAL #2

Droga: uma questão de legislação, educação, polícia, saúde ou ética ??? Todas as coisas são lícitas, mas todas convém ???

A segunda edição do Melodia Universal entrou na net um pouco antes do meu planejamento, mas é bom, pois as ideias vão e vem…

Neste programa, eu começo com um clássico subestimado- 
O Mal é o Que Sai da Boca do Homem

– música de Baby Consuelo, Pepeu Gomes & Galvão, concorrente no Festival MPB de 1980. Longe de ser uma apologia babaca e inoportuna às drogas, que ajudou a fazer fama e enriquecer alguns grupelhos nos anos 1990, está música fala sobre responsabilidades e sobre aquilo que realmente contamina o homem.

Depois sigo com uma recente de Gilberto Gil, 
Os Pais

, que fala sobre uma dicotomia curiosa: os pais temem que seus filhos caiam na infelicidade das drogas e dos abusos sexuais, mas continuam consumindo seus “petiscos” em casa e permitindo toda a invasão do lixo de entretenimento duvidoso em seus lares. Gil, espertamente e com sua habitual poesia canta com propriedade sobre o tema, sem moralismo, apenas com a realidade pela qual o assunto deve ser encarado.

Sigo com Seal, Love´s Divine

que narra em bela melodia, uma experiência espiritual. As vibrações positivas de Ziggy Marley prosseguem com True To Myself.

Uma “afirmação” que precisa ser melhor compreendida é “Deus Não Existe”, do Vertical Bonanza, que mostra por um lado diferente queexistir e ser são coisas um tanto distintas…

Agora que eu já dei alguns aperitivos, que tal entrar no site e conferir o que mais tem no programa ?

Para um acesso mais satisfatório, copie e cole o link abaixo: